Seu animal está com catarata? Saiba o que fazer

23 / fev / 2016

O desenvolvimento de catarata nos cães e gatos é uma das principais causas de perda da visão. A catarata é resultante de alterações nas lentes dos olhos, que devem ser cristalinas (transparentes) e aos poucos vão ficando com coloração mais azulada ou branca (opacificação da lente).

Ela pode aparecer em animais de qualquer idade por vários motivos, tais como:

• Problemas congênitos (o animal nasce com a catarata)

• Problemas hereditários

• Problemas traumáticos

• Doença pós-inflamatória

• Doenças metabólicas (diabetes, por exemplo)

• Problemas nutricionais

• Idade

No cão, as principais raças predispostas ao desenvolvimento de catarata hereditária são: Poodle, Cocker Spaniel Americano e Inglês, Schnauzer miniatura, Golden e Labrador Retriever, West Highland White Terrier e Afghan Hound.

catarata em gatos ocorre com menos frequência e está relacionada principalmente com o envelhecimento, inflamações intra-oculares ou diabetes.

Além da perda da visão, a catarata por causar uma inflamação crônica intraocular, glaucoma secundário (aumento da pressão do olho) e desconforto. A perda da visão depende da fase em que a catarata se encontra. Quanto mais a lente está opacificada, menos o animal enxerga. Isso pode ser avaliado no exame oftálmico feito pelo médico veterinário.

Entretanto, existe outra doença que pode levar a opacificação da lente: a esclerose nuclear. Ela aparece com a idade avançada do animal, geralmente a partir dos 8 anos, e pode fazer com que o olho fique mais opaco, mas não é catarata.

A esclerose não causa perda da visão, mas pode causar uma turvação da lente. Porém, somente o médico veterinário oftalmologista pode dar esse diagnóstico. Para diferenciar as duas doenças são necessários exames oftálmicos específicos, além de exame clínico e de sangue do animal para descartar doenças concomitantes.

Dependendo da sua fase, a catarata pode ter tratamento cirúrgico e seu animal pode voltar a enxergar. Já a esclerose é uma degeneração decorrente da idade e não tem tratamento, mas seu animal deve ser acompanhado regularmente.

Se seu animal começou a ficar com os olhos mais opacificados ou está com perda da visão, leve-o rapidamente ao veterinário para uma avaliação oftálmica.

Pin It on Pinterest