QUANDO TEM MAIS DE UM GATO NA CASA: DICAS PET CARE

31 / out / 2013

Muitas vezes temos mais que um gato na casa e algumas medidas precisam ser adotadas para evitar o stress.

Se você vai introduzir um gato novo em casa e já tem outro(s), recomendamos que o processo seja gradual. Coloque ferormonio (vaporizador de tomada) no ambiente para ir acalmando os gatos mais velhos e não se esqueça de fazer os exames para diagnóstico de AIDS e LEUCEMIA FELINA (exame de sangue) no novo animal.

Toda casa deve ter uma caixa sanitária de areia para cada gato, isto quer dizer: se temos 3 gatos temos 3 caixas sanitárias. Estas devem estar bem separadas umas das outras, ou seja, de preferência em ambientes diferentes.

Da mesma maneira faça com os potinhos de comida e água.

Se tiver que levar um dos gatos ao veterinário, como manter a paz em uma casa com muitos gatos na volta da consulta?

Os gatos são muito sensíveis a cheiros diferentes. Um gato que foi ao veterinário, tomou banho ou passou simplesmente o dia fora de casa, pode voltar com um cheiro estranho que os outros gatos de casa não vão reconhecer. Podem ocorrer comportamentos agressivos com este gato que estava fora. Estas sugestões podem ajudar a evitar problemas entre os gatos de casa:

– Deixe o gato dentro da caixa por alguns minutos para observar a reação dos que ficaram em casa.

– Se todos aparentemente estiverem calmos, deixe o gato sair da caixa.

– Se você perceber que há tensão entre os gatos ou já houve alguma situação com conflito, leve o gato a um quarto separado. Deixe-o com comida, água e caixa de areia por pelo menos 24 horas enquanto ganha novamente o cheiro da casa.

– Se mesmo assim houver conflito, converse com o seu veterinário para obter mais dicas de aproximação.

– O feromônio sintético também é indicado nesta fase.

Para visitas futuras:

– use uma roupa familiar para deixar na caixa de transporte, isto ajuda a reter o cheiro de casa;

– leve os dois gatos ao veterinário, assim os dois voltarão com o mesmo cheiro.

Quais são as melhores caixas de transporte?

As melhores caixas de transporte são rígidas, abrem por baixo e por cima e têm preço acessível. A remoção fácil da porção superior da caixa permite o exame físico de animais agressivos, assustados e com dor. Evite caixas de transporte em que só há opção do gato sair pela frente, normalmente eles precisam ser puxados e forçados a sair. Isto já não é um bom começo.

Escolha caixas que sejam seguras, com fundo firme e fácil de carregar. A caixa deve ser presa ao cinto de segurança do carro, assim a caixa fica mais firme e o gato mais seguro. Alguns gatos gostam de olhar pela janela, outros preferem que a caixa seja coberta por uma toalha para não ter contato visual com o meio externo.

PetCare, o hospital que gosta de gatos!

Pin It on Pinterest