Por que precisamos tratar os dentes dos cães e gatos na quarentena?

11 / maio / 2020

Por que precisamos tratar os dentes dos cães e gatos?

Assim como as pessoas, os cães e gatos também tem problemas dentários como dor de dente, mau hálito, tártaro e gengivite. A doença periodontal causa desconforto, dor, sangramento gengival, perda de apetite e perda de dentes. Pode levar a complicações cardíaca, hepática e renal principalmente em animais mais velhos. Dessa forma, a escovação diária dos dentes e tratamentos dentários periódicos se tornam necessários desde o animal jovem.

Como sei se o meu pet tem problema dentário?

O principal sinal de que algo está errado é a presença do mau hálito. O mau hálito acontece por acúmulo de bactérias e vai formando o cálculo dental (tártaro). Depois a inflamação e o sangramento da gengiva. Quando isso acontece, não é normal e deve ser investigado.

Conclusão: se tem mau hálito, tem infecção bacteriana e precisa de tratamento.

Com que frequência devo escovar os dentes do meu pet e passar com o “dentista” veterinário?

A escovação dos dentes deve acontecer diariamente. A visita ao médico veterinário para avaliar a boca e os dentes deve acontecer pelo menos uma vez por ano. Os animais mais velhos podem necessitar de avaliações mais frequentes, pois tem maior chance de desenvolver periodontite e de perder os dentes.

A longevidade e qualidade de vida do seu pet dependem da boa saúde oral dele.

Como é feito o tratamento da doença periodontal?

Um especialista em saúde oral de cães e gatos (dentista de pets) faz uma avaliação  do grau de comprometimento dos dentes e se precisar de tratamento o cão e o gato devem fazer primeiramente exames de rotina (Exame de sangue e de coração) pois terá de ser anestesiado para fazer a remoção do tártaroradiografia intra oral dos dentes para saber se algum deles precisa ser extraído durante o procedimento. Este procedimento precisa ser acompanhado por um anestesista pois assim temos completa segurança e deixamos o odontologista trabalhar com tranquilidade pois precisam trabalhar em cada dente para um serviço bem feito.

Aproveite a quarentena e faça você mesmo uma avaliação na saúde oral do seu pet conforme a tabela abaixo:

O Pet Care é um Hospital Veterinário 24h conta com atendimento de especialistas em odontologia de cães e gatos.  A equipe é formada por veterinários especializados e qualificados para atender qualquer tipo alteração odontológica e suas complicações.

Estágios da doença periodontal:

Estágio 0 – Saudável

 

O que está acontecendo?

  • Essa boca apresenta-se saudável.
  • A margem da gengiva é plana e de coloração rósea.

Há acúmulo de placa bacteriana que deve ser controlada.

Qual o tratamento recomendado?

·         Cuidados em casa: escovação dental diária.

·         Profilaxia dental preventiva sob anestesia geral regularmente.

Estágio 1 – Gengivite

O que está acontecendo?

·         A margem da gengiva está inchada e avermelhada. Este é o primeiro sinal de dor!

·         Há acúmulo de placa e também há presença de tártaro.

·         Não há perda óssea.

Qual o tratamento recomendado?

·         Profilaxia dental sob anestesia geral de 3 a 6 meses.

·         Cuidados em casa: escovação dental diária deforma suave, pois após o procedimento cirúrgico, nesse período ela pode ser dolorosa.

·         O tratamento pode reverter o quadro.

 

 

Estágio 2 – Periodontite inicial

 

 

O que está acontecendo?

·         A gengiva está toda inflamada e inchada (pode não haver vermelhidão).

·         A boca está sensível e o mau hálito começa a aparecer.

Há perda de até 25% do osso alveolar.

 

Qual o tratamento recomendado?

·         Tratamento periodontal com anestesia geral.  Deve ser realizada dentre o próximo mês.

·         Cuidados em casa: escovação diária.

Nesse ponto pode-se prevenir futura destruição e perda óssea, que pode se tornar irreversíveis.

 

 

 

Estágio 3 – Periodontite moderada

 

 

 

O que está acontecendo?

·         A gengiva está toda inflamada e inchada. Pode apresentar sangramento.

·         Mau hálito presente.

·         Desconforto oral que pode afetar a alimentação e comportamento do animal.

·         Há perda de 25% a 50% do suporte alveolar.

Qual o tratamento recomendado?

·         Tratamento periodontal sob anestesia geral de imediato.

·         Alguns dentes podem precisar de extração ou cirurgia periodontal.

·         Cuidados em casa para prevenir e controlar a evolução da doença futuramente.

 

Estágio 4 – Periodontite avançada

 

 

O que está acontecendo?

·         A inflamação e infecção crônicas estão destruindo a gengiva, os dentes e o osso.

Há perda de mais de 50% do suporte ósseo.

·         Mau hálito presente.

·         Desconforto oral que pode afetar alimentação e comportamento do animal.

·         Bactérias podem afetar outros órgãos via corrente sanguínea como: rins, fígado e coração.

 

Qual o tratamento recomendado?

·         Tratamento periodontal sob anestesia geral imediatamente.

·         Há indicação de extração de dentes.

·         Cuidados em casa para controlar a doença.

Pin It on Pinterest