Intoxicação por Medicamentos Humanos

13 / abr / 2011

Cataflan®, Voltarem®, Thylenol®, Nisulide® entre outros.

A automedicação muito comum na maioria dos lares brasileiros se estende também aos animais e não raramente acidentes acontecem. Atendemos praticamente toda semana animais medicados com anti-inflamatórios e analgésicos de uso humano, sem prescrição veterinária com graves sintomas gastrointestinais. Menos comum é a intoxicação com antibiótico, ansiolíticos, antifúngicos ou xampus medicinais.

Na semana passada tivemos 3 casos de animais intoxicados com anti inflamatórios. O primeiro tomou o Thylenol® (Paracetamol), o Segundo tomou Voltarem® (diclofenaco sódico) e o terceiro comeu uma caixa de Nisulide® (nimesulida).

O Thylenol® lesa o fígado de cães e pode ser mortal para gatos. Leva a anemia hemolítica, lesões hepáticas, diarréia, vômito, necrose renal (rim) entre outros. A intoxicação ocorre pela administração doméstica do medicamento principalmente para tentar controlar uma possível dor ou por ingestão acidental, normalmente em filhotes que comem de tudo e assim roubam e mastigam caixas inteiras de medicamentos deixados ao seu alcance.

O Voltarem® e o Nisulide® como a maioria dos anti-inflamatórios causa graves sintomas gastrointestinais (vômitos com sangue, diarréia com sangue) inclusive com úlceras perfurantes de estômago e duodeno. Normalmente os animais começam a apresentar vômitos em casa, diarréia e depois vômitos com sangue e fezes escuras (negras – sinal de sangue digerido nas fezes). Apatia e muita dor abdominal também. O animal que tomou Voltarem® teve ulcera perfurada de estomago diagnosticada pelo ultra som, foi operado e já foi para casa depois de 4 dias. Os outros dois tiveram sintomas mais leves como vomito e diarréia. Depois de dois dias internados já foram liberados com medicação para casa.

 

Pin It on Pinterest