Esporotricose Felina – Doença que pode ser transmitida para humanos – Zoonose

24 / jul / 2013

A esporotricose felina é uma doença causada por um fungo encontrado na natureza. A esporotricose nos gatos se manifesta com uma ou mais feridas crônicas, formando um granuloma duro e muitas vezes ulcerado.

Gatos tem problemas de pele e a importância de  um diagnóstico rápido se deve ao fato da esporotricose  poder ser transmitida para seres humanos e causar serias lesões em pele e em órgãos  internos, como o pulmão.

É muito importante se diagnosticar rapidamente casos de esporotricose felina, pois é uma zoonose com fácil transmissão entre gatos e humanos. Quando identificar lesões na pele dos gatos procurare imediatamente ajuda de um veterinário e isolar o animal sob suspeita. Somente manipule o felino com luvas e se você tiver qualquer arranhão ou feridas não toque em hipótese nenhuma o animal com suspeita da doença, visto que a contaminação é certa nesse caso.

No Pet Care nossos veterinários dermatologistas geralmente fazem um exame da secreção do nódulo, coletam cultura para fungos, ou mesmo fazem biopsia da lesão para chegarmos rapidamente a um diagnóstico.

 

O  tratamento é  feito por 2 a 3 meses, até que as feridas sarem totalmente.

Alguns lugares do Brasil a doença aparece com muita frequência, como no Rio de Janeiro. Em São Paulo neste ano de 2013 estamos com um surto na Zona Leste da cidade.

Todo gato com problema de pele deve ser levado ao  veterinário, de preferência com especialidade em dermatologia para um diagnóstico da doença e excluir micose por microsporum ou tricophitum, sarna e esporotricose, pois são potencialmente zoonoticas (transmissíveis para seres humanos).

Cuide bem do seu bichinho e leve-o ao veterinário! Doenças tem tratamento!

Pin It on Pinterest