Gastroenterologia Veterinária

O PetCare conta com equipe especializada e larga experiência no diagnóstico e no tratamento das enfermidades esofágicas, gástricas, intestinais, hepáticas e pancreáticas.

Cães têm problemas gástricos desde cedo devido aos parasitas intestinais, infecção por vírus da Parvovirose e ingestão de corpos estranhos, além de filhotes com problema congênito como o megaesôfago. Nos gatos os problemas dos filhotes são também parasitas intestinais, o vírus da panleucopenia e corpos estranhos.

Durante a idade adulta os problemas gástricos mais comuns são:

  • Esôfago: em cães - esofagites, traumas de esôfago devido aos corpos estranhos ou mordeduras na área do pescoço e megaesôfago secundário, hipotireoidismo e os nódulos esofágicos. Em gatos: corpos estranhos de forma linear.
  • Estômago: gastrites, que podem evoluir para úlceras gástricas e torção gástrica, caso emergencial que deve ser examinado de imediato.
  • Pâncreas: pancreática exócrina e pancreatites (inflamação do pâncreas).
  • Fígado e vesícula biliar: doença hepática congênita, hepatites causadas por vírus, bactérias, inflamatórias e tumorais ou secundárias por envenenamento, medicamentos ou doença hormonal. Na vesícula biliar,a litíase (pedras na vesícula) e mucocele.
  • Intestino: o sintoma mais comum é a diarréia, que pode ser de origem parasitária como vermes e giardise; viral, como parvovirose,coronavirose e cinomose; inflamatória e tumoral;obstruções intestinais geralmente causadas por corpo estranho, constipação e dificuldade de defecar.

No caso dos sintomas serem: vômito, diarréia, inapetência, dificuldade de deglutir, regurgitar, gases, muco, distensão abdominal, dor, dor abdominal, sangramento perianal, presença de vermes nas fezes ou no vômito, cólicas, dificuldade de defecar, presença de corpo estranho nas fezes ou na boca, dirija-se ao Pronto-Atendimento. Também consultamos com hora marcada.

O atendimento funciona mediante agendamento.