Dia de Mãe

08 / maio / 2015

Uma decisão pensada ou o acaso e, de repente, a sua vida se transforma. Você se desdobra, sofre, se emociona, se doa, sonha sonhos que não são seus, faz planos que muitas vezes não vai viver ou que, simplesmente, não seguem o planejado. Ainda assim vive uma felicidade indescritível e o sentimento de realização preenche o seu dia.

Esse dia não é mais seu, a noite que não é mais tranquila. Não tem mais o controle do tempo e muito menos das emoções. Mesmo assim, é fonte inesgotável de carinho, de amor e de afeto.

Vive o dia para protegê-lo, dar alimento e abrigo. Vive a noite para velar o sono tranquilo.

Conduz à escola e ao passeio na praça. Volta a ser criança quando rola na grama ou se realiza com um banho de chuva em sua companhia.

Se adoece ou fica triste, sofre junto e só volta a respirar quando percebe um sorriso no rosto ou o abanar da cauda.

Prepara o banho e a comida com todo carinho e afeto. Escova os dentes e põe para dormir.

Na hora do sono, ora por sonhos tranquilos e perde a noção do tempo velando o seu descanso. No silencio da noite, se enche de emoção e se arrepende daquilo que fez e do que não fez, e ainda assim uma culpa que não tem a invade acreditando que ainda não fez o suficiente.

De manhã, depois de uma noite mais curta que a desejada, acorda com beijos, abraços e se tiver muita sorte, com lambidas de agradecimento ou um silencioso ronronar. E, diante de tudo isso, só tem uma certeza: o dia está perfeito e fará tudo novamente como sempre faz!

Assim é o dia e a vida de toda mãe!

Você mãe, de filhos de duas ou quatro patas, que fazem parte da nossa vida e do nosso trabalho, que é nosso sorriso e nossa alegria.

A você mãe, que muitas vezes nos procura em momentos difíceis e de sofrimento: a nossa sabedoria, conhecimento e toda compreensão.

A você mãe, que busca saúde e longevidade aos vossos filhos: o nosso apoio nessa longa caminhada.

A você mãe que nos entrega os “seus filhos” para uma cirurgia ou internação: a nossa tranquilidade, segurança e toda tecnologia.

A você mãe, que nos confia o banho ou o hotel em momentos de curta apreensão: nossos sinceros agradecimentos.

A você mãe, que compartilha conosco a sua perda: o nosso apoio e sincera dor.

A você mãe, de todas as horas e de todos os filhos: nosso carinho e eterna admiração.

Texto escrito por Dr Marcelo Quinzani

Feliz Dias das Mães!

Equipe Pet Care.

Pin It on Pinterest