Cuidados na Páscoa: o chocolate é um perigo para seu pet

09 / abr / 2020

chocolate é a paixão de muita gente e também pode ser o objeto de desejo de muitos cães. O que eles não sabem – e muita gente também não – é que o chocolate é altamente tóxico para os cães, podendo inclusive matá-los. Nessa época do ano, a presença de um chocolate esquecido sobre a mesa ou mesmo alguns pedaços oferecidos ingenuamente aos cães podem causar intoxicação.

O chocolate é muito atraente aos cães, porém alguns de seus componentes como a teobromina podem intoxicá-los, além de poder causar diarreia e vômitos mesmo se quantidade ingerida for pequena.

A quantidade de teobromina varia de acordo com o tipo de chocolate. Os chocolates brancos não oferecem tanto risco de intoxicação para os cães. Quanto mais escuro, “puro e concentrado” for o chocolate, mais teobromina possui e consequentemente maior o risco de intoxicação.

Veja abaixo a quantidade necessária dos diferentes chocolates para causar intoxicação para o peso do seu cão:

 

PESO DO CÃO 100 gr DE CHOCOLATE BRANCO 100 gr DE CHOCOLATE AO LEITE 100 gr DE CHOCOLATE ESCURO
2,0 KG 25 KG 100 gr 44 gr
5,0 KG 62,5 KG 250 gr 111 gr
10 KG 125 KG 500 gr 222 gr
15 KG 187,5 KG 750 gr 333 gr
30 KG 375 KG 1500 gr 666 gr

 

Outra particularidade da teobromina é a sua meia vida, ou seja, o tempo que fica agindo no sangue do animal.  Ela pode ficar no organismo do cão por até 6 dias.

A intoxicação causa excitação, pressão alta, arritmias, tremores e o animal fica ofegante e pode convulsionar.

O seu pet pode começar a apresentar vômito, diarreia, passa a beber muita água, febre, hemorragia que podem ser letais se não tratadas a tempo.

Infelizmente não existe antídoto para a intoxicação com teobrominas e então deve-se tratar os sintomas apresentados. É uma emergência médica.

Boa Páscoa!

Pin It on Pinterest