Corpo estranho linear em intestino

27 / maio / 2011

Semana passada operamos um cão com corpo estranho linear, era um pedaço de fitilho ou ráfia. Nas fotos mostramos o pregueamento que ocorreu no intestino, pois uma parte ficou presa no estômago e o resto caminhou pelo intestino, fazendo por exemplo, o mesmo efeito que amarrarmos uma calça na cintura que tenha um cadarço e irmos apertando cada vez mais (foto abaixo).

Ele chegou aqui bastante prostrado, com vômito e diarréia sanguinolenta. Diagnosticamos a presença do corpo estranho pelo ultrassom. O animal foi operado, permaneceu algumas horas em jejum e voltou para casa passando bem.

Corpo estranho gastrointestinal em animais de estimação é especialmente problemático por causar o pregueamento intestinal. Durante a cirurgia para a sua retirada, temos que fazer várias aberturas do estômago e intestino. Em alguns casos, em especial nos gatos, este corpo estranho pode estar ancorado na cavidade oral, debaixo da língua.

Pedimos para o Dr Fabiano, cirurgião lembrar o que já retiramos de corpo estranho linear em cães e gatos nestes últimos 18 meses, e ele nos relatou: pedaços de lã, linha, linha com agulha, redinha de tender, anzol de pesca com linha de pesca, cadarço, gaze de curativo (o animal lambeu o curativo e engoliu a gaze), fio de sisal, corda de varal, meia calça (muito comum), saco de lixo, escapulário…

A incidência de casos de presença de corpo estranho em trato gastro-intestinal é maior em cães jovens ou naqueles que costumam mexer no lixo. Já em gatos, normalmente o proprietário observa o momento da ingestão, uma vez que o mais comum é o fio de lã utilizado como brinquedo.

Se seu animal estiver apresentando vômitos persistentes, diarréia e/ou constipação, fique atento e procure um veterinário.

 

Pin It on Pinterest