Como ajudar cães e gatos durante os fogos de artifício?

27 / dez / 2021

Os fogos de fim de ano deixam a grande maioria dos nossos amigos cães desesperados. Mesmo com a nova legislação que proíbe fogos barulhentos em várias cidades, a falta de fiscalização faz com que muitas pessoas ainda soltem fogos com barulho. A audição do cão é o seu segundo sentido mais desenvolvido depois do olfato. Ele consegue escutar sons 4 vezes mais distantes do que ouvimos, principalmente sons agudos. Por isso, é muito comum que ele perceba sons de fogos de artifício ou trovões que ainda nem escutamos, ou que passam desapercebido ao nossos ouvidos.

Independente da raça e da idade, praticamente todos eles não gostam e tem grande desconforto com os sons de fogos de artifícios e trovões de chuvas.  Muitos ficam desesperados nessas horas podendo causar acidentes como fugir desesperadamente, se jogarem em portas de vidro, tentar se esconde debaixo de móveis, iniciar brigas entre cães etc.

A primeira reação nossa ao perceber que o nosso amigo tem medo é abraçá-lo e protegê-lo, mas isso é tudo que não devemos fazer, pois estaremos reforçando este medo e pior, quando não estivermos por perto pode causar mais desespero ainda.

A dica é distraí-lo e mostrar que o barulho não vai fazer nada a ele. Ligar o som ou televisão, iniciar brincadeiras, pode ajudar a distraí-lo e fazer com que esqueça o barulho. Com o tempo deve se acostumar com isso, por mais desagradável que seja esse som aos seus ouvidos.

Esperamos que as pessoas se conscientizem e não utilizem mais fogos barulhentos conforme a lei de várias cidades.

O Pet Care é um hospital veterinário 24 horas. Agende uma consulta com um dos nosso profissionais.

 

Pin It on Pinterest